A ação policial em busca de prender o bando criminoso que estava agindo entre as regiões Oeste e o Seridó do Rio Grande do Norte, foi concluída no início da tarde deste sábado, 29 de outubro, em Jucurutu/RN. Foram presas seis pessoas, sendo 4 homens e 3 mulheres. Pelo menos 1 morreu.

São eles:

VANDERSON LIMA BARRETO, 22 anos, (Andinho), natural de Catolé do Rocha/PB

LUCIEDSON SOARES DA SILVA, 23 anos, natural de Natal/RN

ALAN JOSÉ FERREIRA DA SILVA, 22 anos, natural de Pernambuco

IVANALDO PEREIRA DE MEDEIROS, 30 anos, (Rambo), natural de Natal

LEILIANE ALVES FERREIRA, 26 anos, natural de Caicó (esposa do Rambo)

JACQUELINE BRITO E SILVA, 21 anos, natural de Natal

JUSCELINO VIANA, 39 anos, natural de Mossoró/RN (este morreu em confronto com a polícia)

 

O grupo se juntou para fazer assaltos e na sexta-feira, 28 de outubro, se dividiram para duas “paradas”, sendo uma em Mossoró e outra em Jucurutu. A primeira foi na residência de um taxista. Três homens entraram na casa e fizeram a todos reféns. De lá foram levadas roupas, objetos pessoais e um veículo Siena de cor cinza com placas de Frutuoso Gomes/RN.

Corpo de Juscelino Viana no necrotério do Hospital de Jucurutu - FOTO: Sidney Silva

O outro assalto foi ao posto de combustível na cidade de Jucurutu/RN. Dois deles chegaram ao posto e anunciaram o roubo com armas em punho. De lê levaram dinheiros, cheques e celulares de clientes.

Pistola calibre ponto40 apreendida com Juscelino - FOTO: Sidney Silva

Após os dois roubos, eles se encontraram em uma casa no sítio Serrote na zona rural de São Rafael/RN, no final da tarde. Os policiais em diligência por causa do roubo ao posto, foram informados de que vários homens estavam em atitude suspeita no referido sítio. Várias viaturas foram deslocadas pelo a localidade.

Quando as os policiais se aproximaram perceberam que um táxi estava deixando duas mulheres. Neste momento resolveram abordar o local. Os homens que estavam na casa perceberam a investida polícia e decidiram fugir. Ouve uma troca de tiros e os carros, um Gol (usado no roubo do posto em Jucurutu), e o Siena (roubado em Mossoró), foram deixados para trás. A fuga seguiu sendo à pé.

Uma das guarnições entrou na casa e ali estavam, Leiliane e Jacqueline, além de várias roupas e objetos, tudo roubado em Mossoró. Elas foram encaminhadas para a delegacia de polícia de Jucurutu, enquanto a caçada aos fugitivos continuava.

Na madrugada deste sábado, 29 de outubro, por volta das 4 horas, populares de um sítio foram acordados por um homem batendo na porta. Ele pedia ajuda, dizendo que tinha sofrido um acidente. Os donos da casa não abriram à porta e ele seguiu fugindo. A polícia foi avisada, e mais tarde uma guarnição do GTO de Assu, localizou Rambo, Alan e Vanderson. Outra viatura localizou e prendeu Luciedson. Todos foram conduzidos para a delegacia de Jucurutu.

O mossoroense, Juscelino Viana, voltava em direção a Jucurutu a pé quando foi localizado por uma guarnição do GTO. Estes decidiram parar e abordá-lo. Juscelino abriu fogo contra os PMs com uma pistola ponto 40. Houve o revide, e ele foi baleado. Socorrido para o hospital local, não resistiu aos ferimentos e morreu. Seu corpo foi encaminhado para o ITEP de Caicó, onde passou por necropsia. Ele foi reconhecido com um dos assaltantes da residência do taxista em Mossoró.

Um outro individuo fugiu. De acordo com informações que chegaram à polícia, o caicoense, Valdigley Souza do Nascimento, o Guêguê, estava no grupo, mas, escapou.

As armas usadas pelo grupo não foram encontradas. Todos disseram que jogaram fora na fuga.

Os policiais que participaram da ação desde à tarde de sexta-feira, foram dos batalhões de Caicó, Assu, 3ª Cia de Jucurutu e destacamento de São Rafael/RN.